E nada mudou….

Em 1999 a Academia Americana de Pediatria publicou algumas recomendações aos médicos sobre os cuidados e orientações que os pais deveriam se atentar em relação à mídia. Iniciam expondo sobre como esse meio de comunicação traz benefícios para a estimulação infantil e aprendizado, porém destaca seus impactos maléficos.

Dentre esses impactos, destacam o comportamento agressivo, as referências sexuais (as crianças são expostas a mais de 14 mil tipos de conteúdos), o uso de tabaco e álcool, obesidade e má performance nas escolas. Isso tudo não é novidade, não é mesmo? mais incrível ainda é saber que o alerta foi feito há 16 anos atrás, e nada mudou, pelo contrário, piorou!!

Nossas crianças a cada geração estão mais “espertas” com a tecnologia, nos dão um baile de conhecimento e vivem cada dia mais em frente ao mundo virtual. Isso justifica porque frequentemente avaliamos crianças que estão atrasadas na marcha, na fala, desorganizados, e com “espectros autistas” (ou será “espectro tecnológico”?). Outro dia li sobre esses enganos nos diagnósticos dos autistas, tudo por causa do uso de um Ipad, é…. os tempos são outros e nossas crianças também.

A Academia Americana de Pediatria recomendava que os pediatras deveriam incorporar em suas consultas questionamentos sobre o uso da mídia, tais como: cuidados com os programas de televisão que são selecionados para família, limitar o tempo que as crianças passam com a tecnologia, enfatizar atividades alternativas (do tipo, brincar?), o pediatra deve orientar e alertar todos os profissionais e familiares sobre os riscos da exposição à mídia e além disso, incentivar o governo a selecionar e organizar a melhor educação e programação com o uso da mídia.

Será mesmo que precisaremos de um pediatra para falar que a criança precisa voltar a ser criança?  Vamos combinar uma coisa, as férias estão chegando que tal tirar férias também de tudo que é tecnológico? vamos brincar, passear, criar histórias. Tudo isso auxilia no desenvolvimento neuropsicomotor, e acredite, na capacidade intelectual de seu filho!

Faça um bem à saúde física e psicológica de nossas crianças, que nossas nostalgias da infância fale mais alto para ensinarmos o que é ser ativo, criativo e feliz!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Autor: ROMANI, M.F.E.

%d bloggers like this: