Avaliação de crianças com Distrofia Muscular de Duchenne

Na literatura encontram-se inúmeros artigos e descobertas, que podem nos auxiliar na prática e dia-a-dia de nossos atendimentos, porém são muitas vezes pouco utilizados. Em especial, falaremos sobre escalas de avaliação para crianças com Distrofia Muscular de Duchenne (DMD). Irei citar um artigo recente, achado pela seguinte referência: Fernandes LAY, Caromano FA, Assis SMB, Hukuda ME, Voos MC, Carvalho EV. Relationship between the climbing up and climbing down stairs domain scores on the FES-DMD, the score on the Vignos Scale, age and timed performance of functional activities in boys with Duchenne muscular dystrophy. Braz J Phys Ther. 2014 Nov-Dec; 18(6):513-520, encontrado facilmente online.

No presente estudo, os autores avaliam 30 meninos com DMD, faixa etária de 7 anos, utilizando escalas padronizadas: Escala de Avaliação Funcional para Distrofia Muscular de Duchenne (FES-DMD) e Escala de Vignos (EV), feito correlações entre elas e associando a questão da idade e tempo de atividade (duração em segundos).

Para relembrar a DMD é uma doença neurodegenerativa, decorrente de uma alteração genética (xp21) que acomete o sexo masculino (1:3500 nascidos vivos). Apresenta um quadro clínico caracterizado por uma fraqueza muscular progressiva, generalizada e irreversível no sentido proximal para distal, bilateralmente e de forma simétrica e ascendente. Sua evolução inclui a perda da habilidade motora com predomínio de membros inferiores.

A avaliação de atividades funcionais em crianças com DMD é importantíssima, pois acompanha a evolução da doença e auxilia na tomada de decisão para a melhor estratégia de intervenção, seja ela medicamentosa ou com dispositivos auxiliares, como cadeira de rodas. Dentre diversas escalas padronizadas a FES-DMD avalia as compensações dos movimentos em diferentes atividades funcionais, no presente estudo foi selecionado a habilidade de subir e descer escada, sendo que quanto menor o escore final, menor é o numero de movimentos compensatórios e, portanto, melhor o desempenho da criança. A EV classifica a função de 0 a 10 pontos, sendo que quanto maior a classificação pior é o desempenho funcional. A partir dessa escala classificatória (EV) outras foram criadas, inclusive a FES-DMD.

O estudo nos mostra uma relação entre as escalas supracitadas, além de associação com a variável tempo de atividade. Serão destacados 2 pontos importantes da discussão:

“Pessoas com DMD apresentam perdas funcionais ao longo dos anos, porém a grande variabilidade de evolução clínica nessa doença pode dificultar predições de prognóstico, especialmente quando se utiliza, como base, somente a idade. No entanto, essa informação é essencial para compreensão da evolução da doença no tempo, principalmente considerando que ela pode variar muito entre as pessoas acometidas”—isso vale para qualquer patologia, cada criança é um ser único, que deve ser avaliado e tratado individualmente!

E, “na avaliação clínica de pacientes com DMD, é interessante utilizar os tempos de ativdades subir e descer escada associados à FES-DMD, pois, embora tenham componentes em comum, já que, quanto mais movimentos compensatórios, maior o tempo de movimento, em alguns casos, o tempo pode se manter como consequência do aumento do número de movimentos compensatórios. Esse achado só será possível com o uso das duas ferramentas de avaliação. Nesses casos, a FES-DMD permite acesso à caracterização descritiva dos movimentos compensatórios.”—mais uma vez, reforça-se a necessidade de avaliações padronizadas durante os atendimentos, prática clínica, para registro de evolução e auxilio de condutas de tratamento.

Deixo aqui a dica do artigo para uma leitura mais detalhada. Lembrem-se nunca devemos acomodar na nossa profissão, nossas crianças merecem sempre o que é de novo e de melhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Autor: ROMANI, M.F.E.

%d bloggers like this: