Órteses

Uma órtese é um dispositivo externo que, aplicado ao corpo, produz uma força que age sobre esse corpo de modo a corrigir, sustentar ou estabilizar o tronco e/ou a extremidade. Muitos fatores entram nas decisões quanto ao uso e tipo de órtese, a coordenação entre os profissionais da saúde na elaboração dos objetivos de tratamento do paciente é essencial no processo de avaliação.
A órtese pode proporcionar função temporária ou permanente. Se o objetivo da intervenção ortética for corrigir o alinhamento, deve ser analisado vários fatores como: se pressão exigida para manter o alinhamento será suportada pelo tecido mole suprajacente, se o desalinhamento é devido fraqueza muscular e se a nova posição irá tornar a articulação instável. Podem ser dinâmicas ou estáticas.
Avaliação: a avaliação do paciente neurológico deve ser abrangente. O diagnóstico alerta o terapeuta quanto as manifestações possíveis do quadro, mas não descarta uma avaliação completa. Isso inclui: ADM, FM, propriocepção, sensibilidade cutânea e integridade do membro lesado ou coluna. Além disso o contexto familiar e domiciliar do paciente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Autor: ROMANI, M.F.E.

%d bloggers like this: